Este site usa cookies. Através dela você concorda com a sua utilização, de acordo com as configurações atuais do navegador.
Aceito

Loading...


Pesquisa Menu
A A A Alto contraste: A A

Portal de Promoção de Exportações



Polônia junta-se aos Top 20 receptores de IDE no mundo

Wyślij Impressão Pobierz Ele adicionou: | 2015-06-29 17:33:01
aktualności

Devido ao ingresso de US$ 13,9 bilhões de Investimentos Diretos Estrangeiros (IDE) para a Polônia, o país entrou para o grupo dos 20 maiores receptores de IED no mundo.

Devido ao ingresso de US$ 13,9 bilhões de Investimentos Diretos Estrangeiros (IDE) para a Polônia, o país entrou para o grupo dos 20 maiores receptores de IED no mundo. Esta é a principal conclusão do Relatório de Investimento Mundial 2015 sobre a Polônia, que foi apresentado em 24 de junho em todo o mundo. A estreia polonesa de relatório WIR2015 foi preparado por PAIiIZ.

 

O relatório revela que a China se tornou o maior receptor de IDE em 2014, seguido por Hong Kong e pelos Estados Unidos da América. A Polônia foi listada como o 20º receptor mundial de IED e o 10º entre os países desenvolvidos. De acordo com a UNCTAD, em 2014, o ingresso de IDE na Polônia aumentou significativamente de US$ 120 milhões para US$ 13,9 bilhões. (Em 2012, chegou a US$ 1 bilhão). Isso também significa que a Polônia está ficando próximo do nível de entrada de IDE dos tempos antes da crise econômica (o valor médio do fluxo de IDE entre 2005-2007 foi de US $ 16,6 bilhões). No entanto, o IDE global registou um decréscimo de 16% para $ 1,23 trilhões em 2014. Também a Europa experimentou uma queda de 12%. "Embora a economia mundial está se recuperando lentamente, isso não se traduz em investimentos estrangeiros diretos", comenta o professor especialista da ONU Zbigniew Zimny. Como Zimny ​​explica, a fraca economia da UE é a culpa.

 

A lista dos maiores investidores é aberta por EUA, China (com Hong Kong) e Japão. No entanto, as empresas da Ásia em desenvolvimento - China, com investimento de US$ 248 bilhões e Hong Kong, com a saída de US$ 100 bilhões - agora investem no exterior mais do que qualquer outra região. Também nos vinte principais investidores globais há 9 países da Europa com a Alemanha (5º lugar); Rússia (6º lugar), França (8º lugar) e Holanda (9º lugar). Apenas a Alemanha e a França registaram um aumento de IDE - os investimentos alemães triplicaram em 2014.